realidade aumentada

Realidade Aumentada – Quais aplicações favorecem o setor de saúde

Quando ouvimos falar sobre realidade virtual e aumentada, logo pensamos no mundo dos games e do entretenimento. Os jogos são realmente um dos maiores focos de investimento dessas tecnologias, mas, indiretamente, eles acabam beneficiando várias outras áreas. Você já imaginou as possibilidades da realidade aumentada em relação à saúde?

Não é novidade que a tecnologia, com os seus avanços em várias áreas, está fazendo com que o ser humano lide de um modo diferente com as interações do dia a dia. A realidade aumentada não é apenas a imersão do ser humano no virtual por meio de ferramentas, mas, é a interação entre os dois mundos de forma constante.

Ela pode ser definida como a adição de elementos virtuais no ambiente físico, apresentada ao usuário em tempo real, com o apoio de algum dispositivo eletrônico, e difere da realidade virtual, em que o usuário é colocado em um ambiente à parte.

Aplicações da realidade aumentada

A área da saúde pode se beneficiar de diversas formas da realidade aumentada, e a primeira delas é já na formação de novos profissionais ou no aprimoramento educacional dos já existentes.

Órgãos, tecidos e outros componentes humanos exigem muita abstração quando vistos em duas dimensões, nas páginas de um livro, por exemplo. Por isso, no aprendizado de medicina e áreas derivadas, muitos modelos são utilizados. Isso sempre exigiu altos investimentos em equipamentos caros e que precisavam ser guardados, refeitos ou descartados.

Com a realidade virtual, é possível criar imagens em três dimensões bastante nítidas e que permitem aos estudantes uma visualização mais completa dos sistemas estudados.

A mesma aplicação também se mostra bastante útil em consultórios. Devido à curiosidade e ao nível de informação cada vez maiores dos pacientes, a realidade aumentada permite aos médicos demostrarem com mais clareza problemas encontrados e procedimentos a serem realizados.

Recuperação

Se a educação de novos profissionais de saúde se beneficia da realidade aumentada, é na hora de recuperar pacientes que ela vem mostrando seu maior valor.

Processos como a fisioterapia têm sido os grandes beneficiados pelo uso da nova tecnologia ao transformar processos lentos, abstratos e dolorosos em experiências muito mais participativas e até divertidas para os pacientes em recuperação.

realidade aumentada

Antes dependente quase que exclusivamente de aparelhos muitas vezes caros, enormes e de grande manutenção, a fisioterapia e ramos afins estão se beneficiando de aplicações que permitem ao usuário realizar várias atividades em grandes espaços aparentemente vazios. A tecnologia permite uma infinidade de cenários a um custo de compra e manutenção bastante inferior ao tradicional, ajudando com que o paciente consiga realizar atividades em lugares completamente vazios, já que a tecnologia possibilita inúmeros cenários podendo estes ser adaptáveis à condição do indivíduo.

Vascular

Tratamentos vasculares também se beneficiarão da realidade aumentada. Já é possível escanear as veias de uma pessoa e imprimir as imagens virtualmente sobre o corpo dela. Dessa forma, é possível analisar de forma muito mais clara os processos circulatórios e desenvolver tratamentos mais adequados.

Processos cognitivos

O tratamento de síndromes que afetam o desenvolvimento, principalmente em crianças, está para ser revolucionado com a adição cada vez maior de aplicativos de realidade aumentada. É muito mais simples de se analisar reflexos, coordenação motora e outros processos ligados ao desenvolvimento infantil quando a criança interage com objetos “reais” em um espaço multidimensional.

Essa tecnologia permitirá aos médicos a realização de diagnósticos mais rápidos e precisos, fatores bastante importantes nessa fase da vida.

Cirurgias

Assim como no aprendizado, os processos de treinamento a respeito das cirurgias também sofreram avanços em virtude da realidade aumentada na saúde. Agora, cirurgias mais complexas podem ser simuladas de antemão utilizando a tecnologia.

realidade aumentada

Os recursos em três dimensões e a ampliação destas permitirão aos cirurgiões ter um panorama muito mais preciso do procedimento a ser realizado, podendo estudar antes a melhor forma de realizá-lo. Essa aplicação será especialmente útil na neurologia em geral.

No mundo e no Brasil

A realidade aumentada não é uma medida para o futuro, porque já é uma tecnologia que está presente em processos hoje, no presente.

Apesar de os maiores desenvolvedores de realidade aumentada para a saúde estarem na Alemanha e nos Estados Unidos, o Brasil também desempenha um bom papel no cenário, uma vez que a criatividade e a inteligência dos nossos profissionais fazem com que eles superem as tantas dificuldades apresentadas pelo país e apresentem propostas interessantes na área.

Mesclar o mundo real com o mundo virtual está ficando cada vez mais comum e, por estarmos mais conectados com novos equipamentos, tecnologias e aplicações, a nossa qualidade de vida tende a se tornar melhor.

Você já presenciou alguma experiência ou teve oportunidade de conhecer produtos e soluções de realidade aumentada? Tem alguma dúvida ou sugestão? Conte-nos nos comentários para que possamos ajudar cada vez mais nossa comunidade da saúde.

Deixe uma resposta