tecnologia da informação

Qual o papel da TI para o futuro da logística na saúde?

A Tecnologia da Informação sempre foi uma área estratégica para qualquer tipo de negócio. No entanto, com o passar do tempo, agregou-se às suas funções a rotina de prover suporte à medicina e suas ramificações. Por exemplo, dentro de um hospital, o sistema de informação deve funcionar plenamente para que UTI, atendimento emergencial, agendamento de exames, entre outros, possam funcionar da maneira devida. Com isso, é correto afirmar que a tecnologia da informação possui papel vital no que diz respeito à gestão da qualidade de atendimento em ambientes onde a saúde e o bem-estar são pontos de foco e atenção. Intrinsecamente, a mesma se torna uma ferramenta de peso para que a instituição em questão possa crescer e expandir suas atividades, sempre almejando trabalhar com o que há de melhor em tecnologia e apoio sistêmico.

congenital-heart-disease-new

 

Aplicabilidades no setor

No intuito de fornecer o melhor tratamento possível aos seus pacientes, hospitais, clínicas e centros de diagnóstico, buscam sistemas que possibilitem a entrega dos serviços de forma segura. Afinal, todas as informações disponibilizadas sobre o estado de saúde dos indivíduos são confidenciais e preciosas. Por essa razão, a intra-logística deve ser minunciosamente planejada, a fim de prezar pela segurança dos envolvidos.

Alguns exemplos de como a tecnologia da informação bem posicionada e estruturada auxilia em ambientes hospitalares e correlatos são:

  • » Datacenters instalados em todos os dispositivos para que somente funcionários autorizados obtenham o acesso implicam em dados acessíveis para distintas situações de caráter de urgência, bem como a ministração de medicamentos, a localização dos médicos responsáveis pelo tratamento, a identificação do histórico de doenças passadas e até mesmo alergias a determinados princípios ativos em remédios.
  • » Portais de conectividade à distância para que reuniões e comitês sejam acompanhados por todos os indicados à participação se envolvam em tempo real, mesmo que não possam estar presentes no espaço físico onde o evento está sendo realizado.
  • » Bancos online providenciam o armazenamento não somente de exames realizados internamente, mas também daqueles trazidos por pacientes quando dão entrada no hospital, na clínica ou no centro diagnóstico. Com isso, a agilidade no processo de diagnóstico é elevada, sendo que os resultados analisados que garantem a prescrição do tratamento mais adequado se tornam uma consequência de um gerenciamento bem executado.

A visão empresarial e a competitividade

Em um mundo globalizado, no qual consumidores se tornam cada vez mais cientes de seus direitos e de seu dever de demandar o melhor serviço, empresas lutam constantemente para encontrar caminhos que garantam a evolução na entrega de produtos e serviços. E isso não é diferente no setor da saúde, no qual instituições competem entre si pelo reconhecimento e renome de órgãos reguladores, médicos, enfermeiros e pacientes. Sob essa visão, a TI se torna um pilar para a tomada de decisões estratégicas, impactando diretamente na infraestrutura.

Automatizar a prática integrada de tarefas do dia a dia, como por exemplo, a triagem, a separação de medicamentos controlados, a identificação da junta que está acompanhando os preparativos de uma cirurgia, entre outros, garante que essas instituições continuem na disputa pelo tão desejado prestígio. Se a TI não puder se tornar uma aliada para a concretização de tal escopo, incidentes graves podem ocorrer com frequência inadmissível – interações medicamentosas que desencadeiam reações alérgicas graves, ministração de medicamentos fora do horário indicado, alteração de doses por parte de auxiliares sem o consentimento do médico de plantão, etc. São muitas as inconsistências que poderiam compor a lista, mas que o sistema de informação é capaz de impedir.

Estabelecimento de um objetivo comum

direitos do pacienteConvergência é a palavra-chave para que a implantação de um sistema de TI atinja o denominado sucesso. Se todas as partes não estiverem igualmente envolvidas na entrega de serviços de qualidade, de nada adiantar realizar grandes investimentos ligados a essa temática. Até mesmo porque treinamentos, revisões e persistência serão necessários para que se atinja assertividade e perfeição na utilização de um sistema capaz de integrar e agilizar processos e decisões de urgência.

É importante ter em mente que perdas substanciais podem ser evitadas somente perante a aplicação financeira em recursos de TI de ponta quando os envolvidos enxergarem a prática como uma atitude que culminará na dissipação do conhecimento adquirido.

Gostou da leitura? Acompanhe nossos conteúdos e conheça muito mais curiosidades sobre saúde e bem-estar. Até a próxima!

Deixe uma resposta