Novas tecnologias para segurança do paciente


A preocupação com a saúde tem se tornado mais comum na sociedade moderna. Cada vez mais nos preocupamos em ter uma vida plena e feliz. Décadas atrás, a maioria das pessoas apenas pensava em trabalhar e usar o corpo como uma grande ferramenta em busca de objetivos.

Vieram as doenças crônicas, comportamentais e começamos a perceber que, sem saúde, não conseguimos ter uma vida plena. Estamos cada vez mais preocupados com a nossa qualidade de vida e isso está se refletindo na área da saúde.

A segurança do paciente é hoje levada bastante a sério. Os tratamentos médicos, os procedimentos realizados, os remédios ingeridos. Tudo precisa levar em conta não apenas o mal a combater, mas todos os outros efeitos que podem causar, seja em curto ou longo prazo.

Para ajudar nessa tarefa bastante complicada, a grande aliada da saúde e dos pacientes é a tecnologia.

Prevenir e remediar

Tratamentos médicos foram vistos por muitos anos como “combater o maior problema” sem pensar nas consequências. A segurança do paciente não era levada em conta e faltava recursos tecnológicos para fazer isso. Os primeiros médicos eram quase adivinhos, se baseando apenas em sintomas aparentes para administrar o tratamento.

Novos tempos

Com a estabilidade mundial, começou-se a perceber que muitos dos erros acontecidos em consultórios, clínicas e hospitais durante o período de guerra poderiam ser evitados caso houvesse mais preocupação com a segurança do paciente. Instituições reguladoras também impuseram novas regras e medidas nesse sentido, obrigando as autoridades da saúde a se mexer.

Procedimentos começaram a ser implantados para minimizar as falhas humanas, desde o simples ato de lavar as mãos antes de manusear com o paciente até intrincados sistemas para a realização correta de cirurgias e outros procedimentos mais invasivos e perigosos.

segurança do paciente

Medicamentos

A segurança do paciente está em jogo sempre que um medicamento é receitado. Todo remédio precisa ser administrado levando em consideração se o paciente tem algum problema com qualquer componente da fórmula ou se está tomando alguma outra medicação.

Softwares de administração mais modernos, prontuários digitais e exames mais detalhados são exemplos do que a tecnologia tem ajudado para diminuir os problemas com medicamentos.

Logística

A tecnologia também se faz presente nos processos logísticos necessários para abastecer as entidades médicas com todos os suprimentos necessários para o dia a dia, além daqueles usados em situações emergenciais.

A identificação digital desses itens pelo uso de tags tem se mostrado bastante eficiente na tarefa de evitar erros no manuseio desses itens. A rastreabilidade ajuda os profissionais a contarem com as ferramentas mais adequadas para cada momento, evitando, assim, erros que poderiam afetar a segurança do paciente.

gestor-1

TI

A tecnologia é a grande responsável por tornar possível a melhora dos níveis de qualidade quando o assunto é a segurança do paciente. É graças a ela que equipamentos melhores e menos suscetíveis a falhas vêm sendo continuamente introduzidos no mercado.

Também é graças a ela que médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde contam com a possibilidade de realizar diagnósticos mais precisos e com mais velocidade, salvando vidas. Graças a equipamentos de ponta, é possível a realização de sofisticados exames laboratoriais e de imagem, garantindo ao médico e outros profissionais a administração do tratamento mais indicado e seguro para o paciente.

Até mesmo o dia a dia nas instalações hospitalares é hoje mais simples e eficiente graças ao uso cada vez mais difundido de tecnologia de ponta.

O futuro da segurança do paciente

A segurança do paciente é um processo que demanda melhora contínua dos hospitais e outros órgãos de saúde. Cada vez mais procedimentos, salvaguardas e alternativas serão criados e desenvolvidos para minimizar os danos causados aos pacientes em tratamento, seja devido ao erro humano ou à falha mecânica.

A tecnologia é parte importante desse processo, fornecendo ferramentas para tornar esses planos possíveis. É por meio dela que serão descobertos medicamentos mais eficientes, desenvolvidos equipamentos para diagnóstico, processos corretivos e OPMEs, assim como equipamentos vestíveis e aplicativos que auxiliarão nos mais diversos tratamentos.

O futuro é agora. Vamos juntos desbravar esse incrível universo de possibilidades. Comente o que achou desse artigo e como você acredita que a tecnologia moldará a forma como cuidaremos da nossa saúde no futuro.

 


5-rights


Deixe um comentário

Seu email está seguro conosco.