2017-10-04

Soluções IoT para Home Care: a tecnologia aliada a sua saúde

IoT home care ou internet das coisas para cuidados em casa, em uma tradução livre, nada mais é do que o emprego cada vez maior da tecnologia em casa no auxílio em processos de saúde.

Várias aplicações podem ser imaginadas a partir do avanço tecnológico, entre elas monitoramento de bebês ou crianças especiais, recuperação de pacientes após uma cirurgia, acidente ou doença, gravidez de risco e, mais difundido, cuidado com pessoas idosas, no fim da vida ou sofredores de problemas crônicos.

Se você conhece, de fato, como funciona os cuidados em casa, chamado de “Home Care”, sabe que utilizar tecnologia pode ser um verdadeiro desafio. Afinal, todos os dias são desafiadores no Home Care, tanto para o paciente, familiares e também para o cuidador.

O número de pacientes que precisam de cuidados em casa subiu e tende a aumentar ainda mais, já que, por exemplo, o número de idosos deve dobrar nos próximos anos e, infelizmente, o número de cuidadores irá diminuir em, mais ou menos, 50%. E, então, o que fazer?

Por essa questão e por várias outras, é que necessitamos de tecnologia suficiente para atender bem a necessidade de cuidados que tanto idosos como pessoas com deficiência ou adoentadas, precisam.

Mas, por qual motivo não realizar o tratamento no próprio hospital? Simples, com os cuidados em casa, o paciente, no geral, costuma apresentar recuperação mais rápida.

E isso acontece por motivos que são facilmente explicados…. Por exemplo, é muito melhor para um paciente estar em contato com a família recebendo os cuidados médicos, os amigos na hora que quiser, os “mimos” e até mesmo conseguindo tomar banho na hora que achar melhor, do que ter que acordar e dormir vendo apenas as paredes brancas do hospital, a equipe e precisando obedecer todas as “regras” de convivência possíveis.

Não adianta, independente da complicação de saúde, as pessoas se sentem bem melhores a partir do momento que estão com a família em suas casas. Você saber que pode vestir qualquer roupa, comer o que gosta e estar em contato com o lugar que você chama de lar é muito melhor do que estar em um hospital.

Veja abaixo quais são as soluções IoT para melhorar, ainda mais, a experiência do Home Care para os pacientes e, consequentemente, seus familiares e cuidadores.

Acompanhamento de idosos

home care

 

O fim da vida costuma ser um período de grandes desafios em relação à saúde. Com o aumento da expectativa de vida e as mudanças na configuração das famílias, cada vez mais há pessoas idosas morando sozinhas ou sob os cuidados de tratadores.

O IoT home care vem para ajudar essas pessoas a ter uma vida mais tranquila e segura. Com dispositivos de monitoramento interligados a uma central médica ou a pessoas próximas e em condições de prestar socorro imediato, a saúde desses idosos passa a ser monitorada e acompanhada em tempo real 24 horas por dia, evitando o agravamento de doenças (como a diabetes e os problemas do coração) e diminuindo as visitas ao pronto-socorro.

Aparelhos de aferição, sensores e câmeras conectados a uma rede 3G ou Wi-fi podem enviar alertas para a junta médica ou para familiares em caso de problemas e podem permitir uma melhor avaliação das condições de vida do paciente, revendo tratamentos, medicamentos e ainda diminuindo o custo e o trabalho gerado por constantes visitas ao hospital.

O que significa que, com essa solução, o idoso pode continuar morando sozinho, no seu ritmo, na sua casa e com os seus pertences de forma completamente segura.

Mesmo com complicações de saúde, existem idosos que não conseguem se adaptar ao ritmo do hospital ou até mesmo da casa de familiares, ocasionando em depressão e recuperação lenta. A ideia da solução é anular isso, fazendo com que o idoso se sinta confortável, sem a necessidade de “abandonar” seu lar.

OPME
propósito

Doenças crônicas

O IoT home care também é uma solução útil quando a pessoa precisa de acompanhamento constante devido a um problema crônico.

Pessoas com mal de Alzheimer podem se perder, causando transtornos a ela mesma e também à família. Mas agora já é possível fazer o monitoramento desse paciente utilizando geolocalização e, o mais interessante, é que a própria pessoa pode carregar consigo um dispositivo com instruções para casos de pânico, reduzindo a possibilidade de acidentes ou até mesmo de desespero.

Além de pacientes sofrendo de doenças como mal de Alzheimer, essa tecnologia também pode ajudar pessoas com doenças crônicas que limitem sua locomoção dentro de casa.

Por exemplo, uma pessoa cega pode ser auxiliada por sensores e avisos sonoros, prevenindo assim a ocorrência de acidentes. O mesmo caso se aplica a ocorrências de surdez e outras doenças crônicas que limitem a circulação do paciente dentro de sua própria casa.

Sensores e dispositivos conectados com o mundo exterior podem prestar auxílio ou socorro, dependendo da necessidade.

Então, mesmo não contando com familiares ou cuidadores na mesma casa, o paciente que sofre com doenças crônicas não ficará desprotegido e vulnerável à  acidentes. Na verdade, muito pelo contrário, essa solução, como você viu, será responsável por manter a segurança total do paciente, sem que o mesmo perca sua autonomia.

Monitoramento

Infelizmente, a violência é um problema a ser considerado quando há a presença de tratadores, sejam eles de idosos, crianças ou pacientes incapazes de se comunicarem com precisão.

Ser cuidado em casa pode ser maravilhoso e contar com diversos benefícios para o paciente, mas não podemos negar que existem casos onde o cuidador do paciente acredita ter liberdade para controlar a rotina da casa, faz comentários antiéticos ao trocar as roupas do paciente ou até mesmo após o banho e, claro, não é incomum os casos de violência e ofensas.

Neste caso, a IoT home care também pode ajudar fornecendo modernos recursos de monitoramento para deixar as famílias mais tranquilas quanto ao tratamento dedicado aos seus entes queridos.

Câmeras e microfones conectados à internet fazem transmissão em tempo real, permitindo o monitoramento a distância do paciente, além de verificar se ele está recebendo o tratamento adequado e prevenir casos de violência ou negligência contra ele.

Afinal, os cuidadores, como o próprio nome sugere, precisa cuidar dos pacientes, independente da sua complicação de saúde ou da sua idade. Então, com essa solução, você, como familiar, pode se sentir tranquilo, já que você saberá de absolutamente tudo que for feito ou dito por parte do cuidador.  

 

Home care e a prevenção

O Iot home care é pensado para tornar a vida das pessoas mais fácil e permitir uma saúde plena, por isso não pode ficar apenas reservada ao tratamento de quem já tem algum problema.

A tecnologia pode e deve ser cada vez mais utilizada para a prevenção de doenças, portanto a presença de itens que nos ajudem a viver melhor estarão cada vez mais presentes em nossas casas.

Uma pessoa que segue uma dieta terá a possibilidade de registrar todos os alimentos consumidos por meio da tecnologia RFID, e estes dados serão enviados diretamente ao médico nutricionista. Isso também pode ser feito com aparelhos de exercício que enviarão os dados do paciente para o médico e, com base nas informações recebidas, poderá decidir quais os próximos passos para aquele paciente.

Além disso, haverá o crescimento da telemedicina, conceito em que médico e paciente estão em locais distintos: a pessoa não precisará sair de casa para se consultar com o profissional, pois ele poderá não apenas conversar, mas mostrar imagens e dados colhidos por sensores diversos. As visitas ao hospital ficarão cada vez mais reservadas a procedimentos emergenciais, deixando o tratamento preventivo ou corretivo de problemas menores para ser resolvido a distância.

Percebe o quanto será mais simples, seguro e eficiente? Você não precisará se deslocar, caso não queira, assim como também poderá ter a certeza de que, no caso do Home Care, seu familiar estará em boas mãos, já que você terá ele monitorado em tempo real, por 24 horas.

Espera-se uma melhora na qualidade dos serviços de saúde bastante perceptível nos próximos anos, graças ao uso cada vez maior da tecnologia.

Então, é interessante estar preparados para os “novos” dias, ainda mais no setor da saúde. O que você acha das práticas? Acredita que as soluções são realmente úteis? Ou você acha que, para ser bem cuidado, o ideal não é ter a tecnologia como aliada?


BI

 

One thought on “Soluções IoT para Home Care: a tecnologia aliada a sua saúde

Deixe uma resposta