idosos-usando-smartphone

Idosos cada vez mais conectados com saúde e tecnologia

Quando o assunto é tecnologia, a maioria das pessoas logo imagina jovens, impulsivos e aventureiros fazendo uso dela. Mas um olhar mais atento irá notar um crescimento do uso da tecnologia em uma camada da população que até bem pouco tempo era considerada alheia a ela: os idosos.

Preocupados com uma melhor qualidade de vida, as pessoas que atingiram a chamada terceira idade vêm chamando atenção pela sua rápida adesão ao mundo digital. Elas buscam se informar, se divertir e encontrar pessoas com objetivos em comum.

Um novo mercado consumidoridosos-usando-tecnologia

Muitas empresas já perceberam essa nova tendência e começaram a lançar produtos e serviços para essa camada do público: pacotes de viagem, shows, passeios e outras atividades vêm sendo propostas com o objetivo de vender para os idosos.

Esqueça aquela ideia de uma pessoa velha, sem expectativa de futuro e com limitada mobilidade. Grande parte dos idosos atuais é economicamente ativa e, pelo fato de já estarem aposentados ou trabalhando em períodos reduzidos, dispõem de bastante tempo livre para a realização de atividades de lazer.

Na internet

Outro lugar onde os idosos eram considerados estranhos é a internet. A popularização de computadores e o acesso à grande rede em altas velocidades têm permitido a essa camada mais velha da população uma vida plena no mundo digital.

A comunidade “Terceira Idade no Facebook”, criada apenas alguns anos atrás, já conta com quase meio milhão de seguidores e continua crescendo.

Interfaces mais amigáveis, bem como a chegada à terceira idade de pessoas mais acostumadas com a tecnologia, também vêm promovendo essa inclusão. A tendência é de que a mesma coisa ocorra com as futuras gerações.

Perfil

idosos-saudeAs mulheres são maioria quando os assuntos são idosos e tecnologia. O espírito curioso e desbravador delas as tem levado em maiores quantidades ao mundo digital e à internet. Naturalmente mais ativas, elas buscam a grande rede para estarem mais perto da família, pegar dicas de saúde e atividades físicas, bem como de culinária.

Os homens, apesar de em menor número, também não fazem feio. Eles preferem usar a grande rede para acessar as redes sociais e realizar a leitura de jornais, livros e revistas.

Mas uma atividade chama a atenção qualquer que seja o gênero ou a faixa etária dessas pessoas: quando perguntados sobre o que mais fazem nas redes sociais, as dicas de saúde ficam logo abaixo do contato com as famílias. Isso significa que essas pessoas estão usando a tecnologia para melhorarem sua saúde.

Conectados, os idosos se informam sobre diagnósticos, tratamentos, medicamentos e atividades físicas que podem ajudá-los a levar uma vida melhor. Esse tem sido um dos grandes motivadores para esse público.

Benefícios diretos e indiretos

elder-care
O uso de computadores, tablets e smartphones por idosos tem se revelado de grande valia para eles. Isso porque a tecnologia está ajudando essas pessoas a se manterem mentalmente ativas.

A tecnologia permite fugir da solidão que muitas delas sofrem, oferecendo atividades simples como jogar, ler e se comunicar com outras pessoas pelas redes sociais.

Pesquisas comprovaram que, entre os idosos que usam a tecnologia diariamente, a ocorrência de doenças como Alzheimer e outros males da mente é menor do que naqueles que levam uma vida sem essas atividades. Também os casos de depressão são menores nessa faixa de usuários.

Segundo médico neurologista, atividades como o uso da internet reativam áreas do cérebro até então em processo acelerado de envelhecimento, promovendo até mesmo um resgate na saúde das células neurais e uma consequente melhoria na qualidade de vida dessas pessoas.

A tecnologia também contribui para outras tarefas diárias na vida delas: é graças aos avanços tecnológicos, principalmente no ramo da medicina, que muitas pessoas podem levar uma vida normal. Dispositivos para medição pressão e nível de diabetes, aparelhos auditivos e outras próteses podem ser a diferença entre permanecer em casa na cama ou sair para visitar um amigo.

Até na hora de fazer compras ficou mais fácil:os idosos já podem usar a tecnologia para adquirir remédios e produtos para o lar. Essas mercadorias são as preferidas desse público, embora muitos também comprem livros, roupas e artigos colecionáveis online. Tudo isso devido à facilidade de receber em casa os produtos adquiridos.

Em suma, a tecnologia tem mudado para melhor a vida dos idosos e ajudando a reintroduzir na sociedade uma camada da população que estava marginalizada.

idosos-usando-tecnologia

Agora que você já sabe como os idosos estão inserindo a tecnologia em sua rotina, o que acha de conhecer esse post que fala exatamente de mais uma praticidade da tecnologia, agendamento de consultas?

E não se esqueça de nos contar sua opinião ou experiência nos comentários. Até a próxima!


Baixe agora o ebook gratuito sobre novas tecnologias!

tecnologias

download

Deixe uma resposta