2016-10-20

Futuro da saúde em 2017

O panorama mundial vem se modificando de forma muito acelerada e precisamos nos adaptar a essas mudanças o mais depressa possível. A área da saúde é uma das que mais sofrem com esse processo de transformação porque ficou muito tempo estagnada, apoiando-se em antigos valores e procedimentos que estavam dando certo.

Para entendermos os caminhos da saúde em 2017 e fazermos previsões adequadas, precisamos antes ver as tendências da saúde humana num futuro próximo. Fatores como o crescimento populacional exagerado, o perfil da economia mundial e o crescente uso da tecnologia irão balizar nossa análise.

healthcare

Mais pessoas nas cidades

A população humana continua crescendo de forma descontrolada. Somos quase 9 bilhões de seres humanos em todo o mundo, ocupando, em nossa maioria, espaços urbanos. O caos das grandes cidades, o estresse e a alimentação inadequada estão aumentando a tendência de doenças crônicas. Outra previsão para o futuro a partir de 2017 é o aumento de doenças da mente, como a depressão e a demência.

Isso significa que o tratamento médico, antes esporádico, acontecendo apenas quando uma doença aparecia e cessando assim que a cura era obtida, passa a ser contínuo, com um contato muito mais próximo entre médicos e pacientes.

Mas, se as previsões para a economia apontam recessão, como as empresas de saúde e os pacientes irão arcar com o custo extra? Como irão lidar com a queda de receita e a diminuição do faturamento? A solução está no crescente uso da tecnologia.

A telemedicina, assim como outros recursos remotos para tratamento a distância são as grandes tendências para o futuro. Muito do que antes era feito presencialmente em hospitais, clínicas e consultórios será transferido para o mundo virtual.

futuro

Desospitalização

É também graças a esses fatores que vem surgindo uma tendência à desospitalização. No futuro, as pessoas irão querer ir cada vez menos ao médico e as internações serão mais curtas e menos frequentes.

Já está provado que processos de recuperação ocorrem melhor com pacientes em suas casas, perto de suas famílias, mas só está sendo possível realizar essa mudança graças ao uso da tecnologia. Modernos sistemas de monitoramento remoto possibilitam aos médicos obter dados sobre pacientes em recuperação sem precisar mantê-los internados.

Isso gera uma economia significativa para os hospitais que irão, no futuro, gastar muito menos com energia, pessoal e insumos necessários para manter um paciente internado. Estima-se que essa seja a grande sacada para equilibrar o faturamento no futuro próximo.

futuroEsse processo também deve mudar o dia a dia das consultas e até dos exames médicos. A tendência de cidades cada vez mais complicadas para se deslocar tornará a ida ao médico apenas para conversar um processo custoso e difícil. Aplicativos irão, com a ajuda da tecnologia, colocar médico e paciente em contato sem que haja a necessidade do deslocamento de um deles. No futuro, as consultas mais simples serão todas online, gerando economia em ambas as pontas dessa cadeia.

A tecnologia também irá revolucionar o modo como fazemos exames. Biossensores, aplicativos vestíveis e outras tecnologias de análise remota extinguirão a necessidade de deslocamento para a realização de exames corriqueiros. O paciente coletará em casa as amostras e as postará online para o laboratório de análise que, por sua vez, colocará os resultados numa base de dados que poderá ser acessada tanto por médicos quanto pelos pacientes. Tudo sem sair de casa, gerando uma economia em grande escala.

2017 é só o começo

Infelizmente esses avanços não chegarão a todos em um futuro próximo. Como toda nova tecnologia, a tendência é que chegue primeiro a um seleto grupo de privilegiados e só após um tempo de maturação no mercado seja aberta ao resto da população.

Outra das tendências para o próximo ano e os seguintes é a do aumento da preocupação das pessoas com a própria saúde. Hábitos como o fumo e o consumo de substâncias impróprias para a saúde estão cada vez mais na mira das pessoas bem instruídas, assim como a necessidade em praticar atividades físicas e reservar algum tempo para o saudável ócio.

Agora que você já conhece mais sobre o Futuro da saúde em 2017, que tal conhecer um pouco mais? Veja nosso post sobre sustentabilidade da saúde no Brasil. Entenda os reais problemas da saúda brasileira.

E não se esqueça de nos contar sua opinião ou experiência nos comentários. Até a próxima!


Faça download do nosso Ebook e fique por dentro das novas tecnologias que estão afetando diretamente os rumos do mercado Healthcare

autoid

download

Deixe uma resposta