2016-08-19

A gamificação da saúde

No mundo da saúde, diversas clínicas e hospitais vêm agregando cada vez mais valor no atendimento a pacientes quando conseguem abraçar a inovação. Uma das promissoras ideias surgidas nos últimos tempos é a gamificação da saúde. Gamificar é o termo cunhado para explicar a transferência e o controle de atividades relacionadas à saúde pessoal para o mundo digital. Em outras palavras, é transformar o nosso cuidado diário com a saúde em uma espécie de videogame, com recompensas e, principalmente, diversão. gamificação da saúde

A ideia, que pode parecer maluca para alguns, vem se mostrando revolucionária para aqueles que estão sabendo aproveitar essa oportunidade de realizar novos negócios. Funcionando de jeito semelhante ao que acontece com algumas seguradoras, onde o cliente ganha benefícios por não utilizar o serviço, alguns programas já vêm obtendo resultados interessantes na prática.

Bom comportamento

Quando as pessoas são displicentes quanto ao trato com a própria saúde, a tendência é de que venham a desenvolver mais problemas do que pessoas que se cuidam. Essas pessoas que não querem – ou não podem – fazer algo de maneira proativa acabam por gerar custos maiores a operadores de planos de saúde em geral. A ideia é fornecer informações úteis para que os usuários tenham hábitos mais saudáveis e recompensá-lo por seguir esses conselhos.

Graças ao advento de smartphones e tablets em geral, é possível ao usuário descarregar um aplicativo e preencher um cadastro de seus dados de saúde, seus hábitos atuais e os objetivos desejados. Exemplos práticos podem ser a perda de peso ou o controle de vícios, como cigarro e alcoolismo.

A partir daí, o aplicativo começa a gerar avisos sobre o que o usuário precisa fazer para cumprir o plano de metas estabelecido e a recompensá-lo sempre que ele se esforça para cumpri-lo. Ainda não há um modelo ideal de metas e recompensas, já que a gamificação da saúde é uma área que está engatinhando, mas boas ideias vêm surgindo em velocidade surpreendente.

Casos de sucesso da gamificação na saúde

Já existem espalhados pelo mundo casos de sucesso utilizando a gamificação da saúde. A empresa Audax Health Solutions desenvolveu um aplicativo no qual os usuários podem realizar o planejamento e o acompanhamento de seu dia a dia, em uma plataforma que combina rede social e gamificação. O aplicativo será disponibilizado por uma empresa de saúde no exterior para cerca de 12 milhões de usuários.

gamificação da saúde

Já a empresa Mango utilizou a gamificação para incentivar o consumo correto de medicamentos. O aplicativo desenvolvido pela empresa emite avisos nos horários corretos e recompensa os usuários num programa de pontos disponibilizado pela empresa.

gamificação da saúde

Como você pode ver, as possibilidades de atuação são grandes, e o mercado ainda pouco explorado. É possível fazer por exemplo um aplicativo para ajudar pacientes em fisioterapia. Esses pacientes precisam realizar uma dose diária de exercícios para auxiliar em sua recuperação. O sistema pode avisar o usuário dos horários e dias, informando ainda quais atividades devem ser realizadas. Ao usuário é necessário fazer inputs no aplicativo informando seus progressos para que possa obter as recompensas estabelecidas.

Bom para o cliente, bom para o hospital

Muito do que se gasta com saúde é decorrente da displicência ou da falta de informação dos pacientes em geral. Alguns tratamentos não são prazerosos, e o usuário acaba por não os seguir à risca, prejudicando o processo e trazendo consequências tanto para si próprio quanto para o sistema de saúde, que precisa gastar recursos a mais para atingir o mesmo objetivo.

A gamificação é uma das boas ideias para reduzir esses custos sem que seja necessário afetar a qualidade dos serviços. Por ser uma modalidade de adesão voluntária, os usuários mais tradicionais não se sentirão lesados enquanto aqueles que estiverem mais abertos à novidade ou diretamente interessados nos prêmios, descontos e conquistas que os programas oferecerem, conseguirão realizar seus tratamentos com maior eficácia. Além disso, o programa proporciona às empresas de planos de saúde uma política diferenciada e uma nova possibilidade de corte de despesas.

gamificação da saúde

A gamificação é uma oportunidade, e muito se pode ganhar com ela. Não fique de fora desse promissor mercado capaz de melhorar a vida e o comportamento das pessoas em relação à própria saúde e ainda gerar lucros para quem souber explorá-lo.

Você já conhecia a gamificação da saúde? O que pensa a respeito? Conte para nós nos comentários!


Deixe uma resposta